Notícias

Dia Internacional das Mulheres: em busca da independência financeira

todaymarço 8, 2023 19

Fundo
share close

Publicado em 08/03/2023 – 08:34 Por Beatriz Evaristo – Repórter Rádio Nacional – Brasília

Cuidar dos próprios recursos, ter conta no banco e cartão de crédito, escolher um investimento. Oportunidades acessíveis independente do gênero nos dias de hoje, mas nem sempre as mulheres tiveram os mesmos direitos que os homens quando o assunto era dinheiro.

O código civil de 1916 não permitia que as casadas tivessem conta no banco e isso só mudou em 1962. A partir de 1974, entrou em vigor uma lei para acabar com a discriminação na concessão de crédito para solteiras ou divorciadas.

Historicamente, algumas mulheres não se deixaram limitar por esses impedimentos. Durante a pesquisa de mestrado na Universidade de São Paulo, a analista financeira Mariana Ribeiro encontrou registros da brasileira Eufrásia Teixeira Leite, que foi pioneira em investir sem a tutela de um homem no final do século 19.

Eufrásia nasceu em 1850, no interior do Rio de Janeiro, em Vassouras, e em 1873 ela já estava começando a investir. Ela perde o pai e a mãe. E aí, como solteira e sem os pais, ela tem a oportunidade de começar a investir. Porque na época você tinha sempre a questão da figura de um filho que assumiria ou um irmão ou um pai. A mulher não tinha os direitos básicos, não tinha direito a abrir conta bancária…

A pesquisadora também percebeu que houve um apagamento histórico de outras mulheres que assumiram a gestão do próprio dinheiro e isso impactou na falta de representatividade. Mariana Ribeiro destaca, ainda, que atualmente ainda há uma baixa participação das mulheres como investidoras e como profissionais no mercado financeiro.

Eu acho que aí há relação muito próxima. Se tivéssemos mais profissionais mulheres, a gente teria provavelmente mais investidoras mulheres. Eu acho que uma coisa puxaria a outra. O grande obstáculo ainda é cultural, então ainda não se vê nessa posição e nas imagens, tudo que se publica sobre investimento ainda é muito dentro de um recorte do universo masculino.

Uma pesquisa da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais de 2021 mostrou que 72% das mulheres não fazem investimentos e o principal motivo citado foi a falta de dinheiro.

 

Written by: Curta FM

Rate it

Post anterior

Notícias

Hip Hop é declarado patrimônio cultural da Paraíba

Fonte: Agência Brasil Lei foi publicada no Diário Oficial do Estado   A cultura do Hip Hop e todas as suas manifestações artísticas foram declaradas como patrimônio cultural imaterial da Paraíba. Inclusive, a lei já foi publicada no Diário Oficial do Estado. Fazem parte da arte da dança, o break, graffiti, rap, o MC, a batalha de MC’s, o Slam, DJ, beat box e outros. De acordo com o texto aprovado, […]

todaymarço 7, 2023 72

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Podcast Episódios

Desculpe, não há nada no momento.

Convidados

Desculpe, não há nada no momento.

contato

Estamos também em:

0%