Notícias

Semana tem OSESP com maestro Louis Langrée e primeiro recital da festa internacional do piano Fip-Jazz

todaymarço 13, 2023 17

Fundo
share close

Orquestra interpreta Segunda Sinfonia de Rachmaninov entre 16 e 18/mar, na Sala São Paulo; FIP Jazz tem início com a brasileira Eliane Elias, também no sábado (18); performance de sexta-feira (17/mar) será transmitida ao vivo no YouTube.

Na terceira semana da Temporada 2023 – Sem Fronteiras, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo – Osesp recebe o primeiro regente convidado do ano, o francês Louis Langrée, para os concertos que apresenta de 16 e 18/mar na Sala São Paulo. O programa reúne a obra The Unanswered Question, do norte-americano Charles Ives, e a adorada Sinfonia nº 2 do russo Sergei Rachmaninov. Lembrando que a performance de sexta-feira (17/mar), às 20h30, contará com transmissão ao vivo no canal oficial da Osesp no YouTube.

Também nesta semana, o piano solo retorna com força para o palco da Sala São Paulo na primeira de uma série de 10 apresentações, cinco dedicadas à música clássica e outras cinco ao jazz. A segunda edição da Festa Internacional do Piano – FIP começa no sábado (18/mar), às 20h30, com a pianista brasileira Eliane Elias acompanhada do baixista norte-americano Marc Johnson, e segue até novembro com grandes nomes deste que é popularmente conhecido como o “rei dos instrumentos”. Nascida na capital paulista e radicada há muitos anos nos Estados Unidos, Elias ganhou, em 2022, o Grammy de Melhor Álbum de Jazz Latino pelo trabalho Mirror Mirror, gravado ao lado dos jazzistas Chick Corea (1941-2021) e Chucho Valdés.

Charles Ives (1874-1954) é um dos mais interessantes compositores a surgir no século XX, autor de uma música ao mesmo tempo inquestionavelmente pessoal e profundamente ligada a seu país de origem, os Estados Unidos. The Unanswered Question [A Pergunta Não Respondida] foi escrita em contraponto a Central Park in the Dark [Central Park no Escuro], ambas agrupadas sob o título de Duas Contemplações. Inicialmente composta para grupo de câmara e, mais tarde, arranjada para orquestra por Ives, a obra é narrativa, com explicações fornecidas pelo autor, e põe em cena grupos de intérpretes que interagem sem necessariamente se ver: um trompete (que lança a pergunta), o quinteto de flautas e o conjunto de cordas.

Sendo uma herdeira direta da tradição romântica das sinfonias de Tchaikovsky, a Segunda Sinfonia de Rachmaninov (1908) possui um lirismo sincero, capaz de amenizar, pelo menos ao longo dos seus sessenta minutos de duração, as inconstâncias do nosso dia a dia. A obra foi dedicada ao compositor e antigo professor de Rachmaninov Taneiev. Diferentemente da predecessora, a Sinfonia nº 2 foi um sucesso imediato, valendo ao compositor seu segundo prêmio Glinka (o primeiro foi pelo Segundo Concerto para Piano). O adjetivo luxuriante é muito bem aplicado a essa partitura, que, apesar de complexa, é facilmente apreciada tanto por neófitos quanto por melômanos. Uma sinfonia de formas melódicas amplas e nostalgia tipicamente russa. Sobre esse fato, o compositor Nikolai Medtner dizia que Rachmaninov era tão profundamente russo que, para ele, não havia necessidade de temas folclóricos.

Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo – Osesp
Fundada em 1954, desde 2005 é administrada pela Fundação Osesp. Thierry Fischer tornou-se Diretor Musical e Regente Titular em 2020, tendo sido precedido, de 2012 a 2019, por Marin Alsop, que agora é Regente de Honra. Seus antecessores foram Yan Pascal Tortelier, John Neschling, Eleazar de Carvalho, Bruno Roccella e Souza Lima. Em 2016, a Orquestra esteve nos principais festivais da Europa e, em 2019, realizou turnê na China. Em 2018, a gravação das Sinfonias de Villa-Lobos, regidas por Isaac Karabtchevsky, recebeu o Grande Prêmio da Revista Concerto e o Prêmio da Música Brasileira. Em outubro de 2022, a Osesp estreou no Carnegie Hall, em Nova York, realizando dois programas – o primeiro como convidada da série oficial de assinaturas da casa, o segundo com o elogiado projeto Floresta Villa-Lobos.

Louis Langrée

Louis Langrée tornou-se Diretor do Théâtre national de l’Opéra Comique em 2021, nomeado pelo Presidente da França Emmanuel Macron. É Diretor Musical do Mostly Mozart Festival, no Lincoln Center (Nova York), desde 2003, e da Orquestra Sinfônica de Cincinnati, desde 2013. Junto à Sinfônica de Cincinnati, esteve em turnês pela Ásia e Europa e nos Festivais de Edimburgo e BBC Proms (Londres). Atuou junto às Filarmônicas de Berlim, Viena e Londres e com as Orquestras Sinfônica NHK e de Paris. Dirigiu montagens em importantes casas de ópera, como a Lyric Opera (Chicago) e a Dresden Staatsoper. Foi Regente Titular da Camerata Salzburgo e Diretor Musical da Ópera Nacional de Lyon.

Eliane Elias

Vencedora, em 2022, do Grammy por Melhor Álbum de Jazz Latino e do Grammy Latino por Melhor Álbum de Jazz/Jazz Latino por Mirror Mirror, a pianista, cantora, compositora e arranjadora Eliane Elias é internacionalmente aclamada por seu estilo musical único. Ela mescla suas raízes brasileiras e voz encantadora com seu jazz instrumental virtuosístico, habilidades clássicas e domínio do piano. Com 31 discos lançados e mais de 2,4 milhões de cópias vendidas, Eliane tem uma forte presença nas plataformas de streaming – tem mais de 600 mil ouvintes mensais no Spotify, onde sua Little Paradise foi ouvida mais de 21 milhões de vezes. Apresentou-se em 74 países, recebeu quatro vezes o Gold Disc Award e três vezes o prêmio de Melhor Álbum Vocal no Japão, além de ter vencido o Edison Lifetime Achievement Award em 2018, na Holanda.

Marc Johnson


O norte-americano Marc Johnson é baixista, compositor e produtor e já colaborou com muitos dos músicos de jazz mais aclamados do mundo, incluindo Bill Evans e Stan Getz.

A Festa Internacional do Piano – FIP Clássica e Jazz tem o patrocínio do Bradesco, copatrocínio da igc e apoio do Mattos Filho, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Realização: Fundação Osesp, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Ministério da Cultura e Governo Federal – União e Reconstrução.


PROGRAMAS

TEMPORADA OSESP: LOUIS LANGRÉE

LOUIS LANGRÉE regente
Charles IVES | The Unanswered Question
Sergei RACHMANINOV | Sinfonia nº 2 em Mi Menor, Op.27

FESTA INTERNACIONAL DO PIANO – FIP JAZZ: ELIANE ELIAS (PIANO) E MARC JOHNSON (CONTRABAIXO)

ELIANE ELIAS piano
MARC JOHNSON contrabaixo

SERVIÇO

16 de março, quinta, às 20h30
17 de março, sexta, às 20h30 – Concerto Digital
18 de março, sábado, às 16h30 [Osesp] e às 20h30 [FIP Jazz]
Endereço: Sala São Paulo | Praça Júlio Prestes, 16, Campos Elíseos
Taxa de ocupação limite: 1.484 lugares
Recomendação etária: 07 anos
Ingressos: Entre R$ 50,00 e R$ 258,00 [Osesp] e R$ 100,00 [FIP Jazz] (preços inteiros)
Bilheteria (INTI): Neste link
(11) 3777-9721, de segunda a sexta, das 12h às 18h.
Cartões de crédito: Visa, Mastercard, American Express e Diners.
Estacionamento: R$ 28,00 (noturno e sábado à tarde) e R$ 16,00 (sábado e domingo de manhã) | 600 vagas; 20 para portadores de necessidades especiais; 33 para idosos.

Written by: Curta FM

Rate it

Post anterior

dicas para montar um home studio

Música em Sintonia

Dicas para montar um Home Studio

Montar um home studio pode parecer uma tarefa desafiadora, mas com um pouco de planejamento e alguns equipamentos essenciais, você pode criar um espaço de gravação de qualidade em sua própria casa. Mas antes de ver essas dicas para montar um home studio veja algumas considerações a ser feita O que é Home Studio? Home Studio é um estúdio de gravação e produção de áudio instalado em um ambiente residencial, […]

todaymarço 13, 2023 43

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Podcast Episódios

Desculpe, não há nada no momento.

Convidados

Desculpe, não há nada no momento.

contato

Estamos também em:

0%